TSERING PALDRON

TSE-c-da-torre-smPraticante budista desde 1974, Tsering Paldron viveu muitos anos na Bélgica e em França. Recebeu ensinamentos e iniciações de muitos Lamas e fez o tradicional retiro de 3 anos na Dordogne, França.

Em 1992 começou a ensinar o budismo e voltou para Portugal em 1996, onde tem vivido nos últimos anos. Foi tradutora do Dalai Lama aquando da sua primeira visita a Portugal e tem sido tradutora de muitos outros lamas para francês e português. Conheceu Ringu Tulku em 1997 e tem seguido os seus ensinamentos e sido sua tradutora em inúmeras ocasiões.

Escreveu dois livros sobre budismo “A arte da vida” e “A alquimia da dor” e também um livro de contos infantis “As aventuras de Tachi, o grilo tibetano”.

É presidente da associação Bodhicharya Portugal, da delegação do Porto da União Budista Portuguesa e da AMARA, Associação pela Dignidade na Vida e na Morte.

 

MARGARIDA CARDOSO

maggieTem formação em Pintura e Línguas e Literaturas Modernas e tem-se interessado por vegetarianismo e escrita. Praticante budista desde 1985, viveu numa comunidade da tradição do Budismo Tibetano durante 7 anos; tem a formação de instrutora de meditação Samatha-Vipasyana do Instituto Karma Ling.

Em 2008 tomou os preceitos sob a orientação de professora de budismo Zen Amy Hollowell.

Enquanto responsável pela delegação do Porto da União Budista Portuguesa, organizou no Norte inúmeras palestras, cursos e retiros com professores de diferentes tradições budistas.

A sua experiência multifacetada inspira-lhe uma abordagem ecléctica da espiritualidade e uma atitude flexível e aberta em relação à via do Buda enquanto caminho de transformação e libertação – caminho que pode ser utilizado por qualquer pessoa.